UDI Hospital está sendo vendido à Rede D´Or

Qualifique o post

Um dos maiores empreendimentos do ramo hospitalar no Maranhão, o UDI Hospital, está mudando de donos e deve ser anunciada a sua venda, nos próximos dias, à Rede D’Or, que já fez o comunicado sobre essa intenção de compra ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), segundo informação publicada por Maurício Lima na coluna Radar da Veja Online, do jornalista Gabriel Mascarenhas.

A informação é curta e não entra em detalhes sobre essa transação sobre valores. “A Rede D’Or comunicou ao Cade sua intenção de comprar o hospital UDI, de São Luís, no Maranhão. Se aprovada, essa será a 38ª unidade da rede”.

Fundado em 1995, o UDI Hospital foi criado pelos médicos Carlos Gama, José Bonifácio Barbosa e Lourival Gama, que idealizaram esse projeto ainda nos anos 1980.

Em dezembro do ano passado, o UDI recebeu da Organização Nacional de Acreditação (ONA) a placa aos hospitais de cada estado que conquistaram acreditação com excelência. O selo é creditado a instituições que atendem os critérios de segurança dos pacientes na área assistencial e na estrutural, que possuem uma gestão integrada com os processos ocorrendo de forma fluida e com plena comunicação entre as atividades, e que a executem com excelência.

Resultado de imagem para UDI hospital

Rede D´Or – A Rede D’Or São Luiz é hoje a maior operadora independente de hospitais do Brasil com presença no Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal e Pernambuco. Fundada em 1977 com a abertura da primeira unidade Cardiolab do Grupo Labs, a Rede D’Or São Luiz continua com a sua estratégia de expansão.

Em 2013, a Rede inaugurou duas unidades no Rio de Janeiro: o Hospital e Maternidade Oeste D’Or, no bairro de Campo Grande, que possui UTI Neonatal e atendimento de emergência pediátrica e adulto 24h; e o Caxias D’Or, na cidade de Duque de Caxias, um hospital desenhado desde seu projeto para funcionar com a emergência Smart Track, com tecnologia de ponta e fluxos laminares no centro cirúrgico que evitam contaminações.

Em 2012 adquiriu os hospitais Santa Luzia e Coração do Brasil, em Brasília, e no estado de São Paulo, assumiu o controle dos Hospitais viValle, em São José dos Campos, do Hospital Nossa Senhora de Lourdes e do Hospital da Criança.

A entrada no mercado paulista se iniciou em 2011, com a obtenção dos Hospitais e Maternidades São Luiz, localizados nos bairros do Morumbi, Itaim e Anália Franco, na capital paulista.

No Rio de Janeiro, foram três novas unidades abertas entre os anos de 2009 e 2011: Hospital Rios D’Or, em Jacarepaguá; Norte D’Or, em Cascadura; e Niterói D’Or, na cidade de Niterói. Estes se juntaram aos já existentes Copa D’Or, em Copacabana; Barra D’Or, na Barra da Tijuca; e Quinta D’Or, em São Cristóvão. Em 2016 a unidade CopaStar entrou em operação, para atendimento Triple A, no Rio de Janeiro. Em São Paulo, serão construídas unidades nos municípios de São Caetano do Sul e Mauá.

Além dos centros hospitalares, a Rede D’Or São Luiz também tem o Centro de Oncologia, um projeto pioneiro na rede privada de saúde do Rio de Janeiro, que reúne em um só local todos os aspectos necessários à prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer, incluindo, no setor de Radioterapia, dois equipamentos entre os mais modernos do mundo: Novalis 6D Classic ™ e Clinac-IX™.

(Com dados da Veja, UDI e Rede D´Or)

Deixe uma resposta