Agro se movimenta no Maranhão para ter representante na Câmara Federal

Qualifique o post

O Governo do Maranhão reduziu o ICMS do Agro maranhense(produção de grãos) de 12% para 2%. São ações positivas como essas que tiveram influência direta no crescimento do PIB. O crescimento recorde do Produto Interno Bruto de 9,7% teve influência decisiva do agronegócio.

Agro contribuiu para o aumento do PIB maranhense

Setores do Agro Maranhense – pecuaristas, pequenos, médios e grandes agricultores organizados em sindicatos de produtores rurais em todos os municípios maranhense chegaram a conclusão que o momento é excelente para avançar ainda mais nas conquistas.

Bancada maranhense sem representante no Agro

Para isso o setor do trabalha para ter um representante maranhense na Câmara dos Deputados. Apesar do Maranhão ter essa força hoje no cenário agrícola brasileiro, o estado não tem representante na poderosa Frente Parlamentar Agropecuária, em Brasília. Dos 18 parlamentares que compõe a bancada maranhense ninguém é ligado ao setor produtivo.

Deputada Teresa Cristina(DEM) do Mato Grosso do Sul é a atual presidente da FPA

Alguns nomes pode ser lembrados que têm trabalho reconhecido para ocupar essa vaga. Mas isso é assunto para uma próxima postagem…

Deixe uma resposta