Banco do Nordeste debate sustentabilidade  em tempos de crise no IV Fórum de Integridade

Banco do Nordeste debate sustentabilidade em tempos de crise no IV Fórum de Integridade

São Luís (MA), 14 de setembro de 2020 – “Integridade e sustentabilidade em tempos de crise” é o tema central do IV Fórum de Integridade do Banco do Nordeste, cujas inscrições já estão abertas em bnb.gov.br. O evento será nos próximos dias 21 e 29 de setembro, em sua primeira edição totalmente virtual por conta da crise sanitária. O objetivo é promover diálogo entre governos, instituições bancárias e de mercado sobre a atual ambiência de governança do Brasil.

O IV Fórum de Integridade do BNB será aberto, às 9h de segunda-feira (21), pelo presidente do Banco, Romildo Carneiro Rolim, e pelo ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário. Em seguida, às 9h30, será realizado o painel “Governança e gestão de processos críticos nas organizações em tempos de crise”. O debate terá foco em elementos de cultura organizacional e seus efeitos sobre o sistema de governança e gestão de processos críticos no contexto da pandemia.

Participa do primeiro painel a professora Roberta Codignoto, especialista em Negociação pela Harvard Law School, pós-graduada em Direito Empresarial  pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e autora de Importância da integridade na gestão pública: o papel das Controladorias, a Coordenadoria de Promoção de Integridade e a conexão com a prevenção de corrupção e integridade nos negócios (Revista de Governança Corporativa, 2019). Ela também é vice-presidente do Instituto Brasileiro de Integridade Pública (IPIB).

O segundo painel, às 10h30, refletirá sobre a indagação “Compliance x Cultura de integridade?”. Enfocará os elementos de uma sólida cultura organizacional, analisando o compliance como ferramenta de controle fundamental em tempos de crise, que ajuda a empresa a ser íntegra e a estar em conformidade. A palestra será proferida pelo diretor de Integridade da Controladoria Geral da União (CGU), Pedro Ruske, formado em Direito pela Universidade de São Paulo, pós-graduação em Administração pela FGV e professor de Compliance na FGV/Rio de Janeiro.

Mediarão os debates Francisco Eduardo Bessa, chefe da Assessoria Especial de Controle Interno do Ministério da Economia e mestre em Controladoria pela Universidade Federal do Ceará, e Pamela Roque, professora do Instituto de Pesquisa e Ensino (Insper) e autora do livro Governança corporativa de bancos e a crise financeira mundial – Análise comparativa de fontes do cenário brasileiro (Almedina, 2017).

Na programação de terça-feira (29), às 9h30, a palestra magna  ficará a cargo do diretor de Governança e Conformidade da Petrobras, Marcelo Zenkner, doutor em Direito Público pela Universidade Nova de Lisboa e ex-secretário de Controle e Transparência do Espírito Santo. É autor de Integridade governamental e Empresarial (Fórum, 2019). Às 10h30, o diretor de Controle e Risco do Banco do Nordeste, Cornélio Pimentel, conduzirá diálogo com os participantes do evento.

Deixe uma resposta